Header Ads

Homem que atropelou e matou em Cotia é capturado em Guarujá

A Polícia Civil divulgou nesta terça-feira (02) que prendeu, em Guarujá, um homem de 39 anos acusado de atropelar e matar o pedreiro Valdeir Pereira de Souza, de 43 anos. O crime ocorreu em 18 de março de 2014, em Cotia.

Policiais de Cotia apuraram que o conferente cometeu o homicídio porque não aprovava um suposto relacionamento que a filha dele teve com o pedreiro.

O acusado, porém, disse após ser preso em Guarujá, que sua filha foi estuprada pelo pedreiro. Após o homicídio, que teve grande repercussão em Cotia, o acusado e a família deixaram a cidade.

Recentemente, os investigadores da Delegacia Sede de Guarujá Eloy Flórido e Marcelo Riechelmann receberam informações sobre o possível paradeiro.

Sob o comando do investigador-chefe, Paulo Carvalhal, os investigadores fizeram diversas diligências até descobrirem o imóvel onde o conferente estava morando, situado na Rua Paula Orlandi, na Vila Santo Antônio. A prisão ocorreu no último dia 28.

O homem estava na condição de procurado pela Justiça devido a um mandado de prisão preventiva decretado pela Vara Criminal de Cotia no processo que apura o atropelamento fatal. Foi encontrado

O caso

O pedreiro morreu no local do atropelamento em decorrência de traumatismo cranioencefálico e hemorragia intracraniana.

Testemunhas contaram à polícia que a vítima caminhava no bairro Jardim Nova Vida, por volta das 20h30, quando foi atingida pelo carro pilotado pelo acusado.

*Diário do Litoral.
Tecnologia do Blogger.