Header Ads

Em Cotia campanha "Fique Sabendo" realiza teste espontâneo de HIV e Sífilis


Será promovido em Cotia de 1 a 5 de dezembro a campanha “Fique Sabendo”, que visa incentivar a população a realizar o teste espontâneo de HIV e Sífilis, nas Unidades Básicas de Saúde.

Este ano, será ampliada o número de unidades preparadas para realizar os exames. Os interessados podem fazer o diagnóstico no Mirizola, Portão, Arco-Íris, Caputera, São George, ASSA, Caucaia, Mendes, Atalaia, Japão, Rio Cotia e SAE/CTA, das 8h às 16h.

O teste permite conhecimento rápido do resultado e assistência imediata aos pacientes. O aconselhamento, realização do teste e entrega do resultado ocorrem em até 30 minutos.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Juliana Canassa, o teste é importante e recomendado para todas as pessoas que já tiveram pelo menos uma relação sexual sem preservativo na vida. O exame é gratuito, totalmente sigiloso e pode ser realizado em qualquer período do ano. Desde janeiro de 2012, a administração municipal criou um local específico para diagnosticar e tratar pessoas com doenças sexualmente transmissíveis, o SAE- Serviço de Atendimento Especializado CTA – Centro de Testagem e Aconselhamento, localizado na Avenida Rotary, 40.

A campanha está sendo coordenada pela Vigilância Epidemiológica. Em caso de dúvida ou mais informações, os interessados podem entrar em contato pelo número: 4616-9115.

“Fique Sabendo”

O teste de HIV não deve ser feito de forma indiscriminada e a todo o momento. O aconselhável é que quem tenha passado por uma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido, ou seja, sem o uso de camisinha (preservativo) faça o exame. É interessante que as pessoas que nunca tenham realizado aproveitem a oportunidade para realizá-lo. Após a infecção pelo vírus, o sistema imunológico demora cerca de um mês para produzir anticorpos em quantidade suficiente para serem detectados pelo teste.

As principais formas de transmissão da Aids são: relações sexuais sem uso do preservativo; compartilhamento de agulhas e seringas contaminadas; gestação, parto e amamentação; e transfusão de sangue.

No caso de mães soropositivas, vale destacar que há 99% de chance de terem filhos sem HIV se seguirem o tratamento recomendado durante o pré-natal, parto e pós-parto.

Saiba mais

• Qualquer pessoa pode realizar o teste independente do local de sua residência, ou seja, moradores de outras cidades também podem participar da “Campanha Fique Sabendo”;

• Adolescentes maiores de 12 anos não precisam de acompanhantes;

• Anônimos, não recebem laudo, somente resultado verbal.
Tecnologia do Blogger.