Header Ads

Moradores "abraçaram" a Praça Japonesa para cobrar solução



A praça Japonesa recebeu um evento diferente neste domingo (27),  foi um abraço solidário que foi organizado pelos moradores entorno e também com moradores que se solidarizaram com a situação em que a Praça Japonesa se encontra hoje.

O ato visou sensibilizar a Prefeitura de Cotia e em especial Secretaria de Meio Ambiente para recuperação e revitalização da praça.

O local que no passado recebia famílias que buscavam uma opção de lazer e servia como ponto turístico hoje está abandonado, sujo e servindo de local para uso de drogas e prostituição. Algumas das reclamações dos moradores entorno é o clima de insegurança gerada por moradores de rua e vândalos que invadem o local, os pontos que podem servir de foco de dengue e o traçado e falta de sinalização na marginal da raposo que passa em volta da Praça.

Os jardins da praça estão tomados pelo lixo, um dos símbolos da cultura de Japonesa, a Casa de Chá foi incendiada completamente em fevereiro de 2013, as placas e bustos de bronze foram roubados além de um pedaço do gradil que deixou uma passagem para invasores. Além dos problemas relatados no local havia um casal  que à 7 meses fez da Praça Japonesa sua moradia, a mulher está grávida de 4 meses e segundo ela "funcionários da Secretaria de Assistência Social" estiveram no local "fizeram cadastros a cerca de 2 meses e nunca mais voltaram" completa a "moradora" da praça.

Vale ressaltar em junho de 2013 a Prefeitura de Cotia fez um estudo para recuperação da Praça Japonesa (veja a matéria da época aqui), porém quase um ano depois o cenário apenas mudou para pior.

Veja as fotos:
















Fotos/Luciana Marinho
Tecnologia do Blogger.