Header Ads

Pesquisa mostra evolução das contratações de deficientes

A região de Osasco se confirma como expoente no cenário nacional quando o assunto é cumprimento da Lei de Cotas (artigo 93 da lei 8.213/91) pelas metalúrgicas situadas na base territorial do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região. A constatação é parte da 8ª pesquisa sobre Inclusão nas Metalúrgicas, que a entidade lança na terça-feira, 12, em encontro, em Osasco (SP), a partir das 9h.

A pesquisa foi realizada em parceria com a Gerência Regional do Trabalho e Emprego de Osasco e avalia o índice de cumprimento da Lei de Cotas em 109 empresas metalúrgicas. Também são identificados os setores da metalurgia que mais contratam pessoas com deficiências e o interesse das empresas por certos tipos de deficiências.

Os dados também levam a análise sobre a realidade da inclusão no país. “A pesquisa vai mostrar que a região de Osasco, ano a ano, vem sendo exemplo. Isso deixa claro que no resto do país pode acontecer o mesmo”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Carlos Aparício Clemente, que também coordena o Espaço da Cidadania.

Serviço:

Divulgação dos resultados da 8ª pesquisa sobre Inclusão nas Metalúrgicas da Região de Osasco

Data: 12 de fevereiro

Horário: 9h às 11h30

Local: r. Erasmo Braga, 310 – Pres. Altino – Osasco (sede do Sindicato)      
Tecnologia do Blogger.