Header Ads

Metrô inicia estudos para projeto funcional do monotrilho da Raposo Tavares‏

Uma equipe do Metrô esteve em Cotia na manhã desta quarta-feira, 18 de setembro, para discutir aspectos referentes à implantação do monotrilho na rodovia Raposo Tavares.

O objetivo da reunião foi aproximar os técnicos do município, do Estado e do consórcio para que possam trocar informações durante a elaboração do projeto funcional do monotrilho. "Hoje iniciamos de fato os estudos para viabilizar essa obra. A partir desta reunião, manteremos contato permanente com os técnicos das secretarias do município de Cotia para levantar as informações necessárias para desenvolvimento do projeto funcional", informou Emiliano S. Affonso Neto, Coordenador de Planejamento e Empreendimentos do Metrô.

Na reunião, foi apresentado documento preliminar desenvolvido pelo Metrô com as demandas da região e estações previstas. A partir de agora, a empresa contratada para o projeto funcional detalhará todos os aspectos, com as instituições envolvidas (DER e Prefeitura), a fim de fornecer as informações necessárias para que o Estado possa planejar as obras com o menor impacto possível, estabelecendo cronograma e equipamentos de apoio necessários no entorno.

De acordo com as diretrizes estabelecidas até o momento, o monotrilho da Raposo integrará a Linha 22, ligando São Paulo à cidade de Cotia (km 34 da rodovia). A chegada a São Paulo também será definida no projeto funcional, sendo que poderá ser na região do Butantã, Cidade Universitária ou Morumbi.

Durante os próximos 8 meses, o consórcio contratado elaborará o projeto funcional, detalhando as estações, o traçado e a integração com a rede metroviária da capital. Em seguida, o projeto entrará na fase de licenciamentos e demais etapas que antecedem a implantação.
Tecnologia do Blogger.