Header Ads

Professores do município param e alunos não tem aula nessa sexta (19) em Cotia!

Educadores de Cotia (Grande São Paulo) cruzaram os braços na manhã de hoje (19), em um ato de paralisação por reivindicação de melhorias salariais, além de condições de trabalho, alegando existir escolas sem infra-estrutura de segurança, para os funcionários e alunos.

Com isso as escolas não tiveram aula, segundo os professores os pais foram avisados, a Secretaria Municipal de Educação iniciou uma especie de perseguição e retaliação contra os educadores segundo os mesmos, após iniciada reuniões com as pautas de reivindicações, e alegam que muitos deles estão sendo transferidos e ameaçados por conta da possibilidade de greve.

Um ato acontece neste momento em frente a sede da entidade. Os professores prometem seguir em passeata ate a Prefeitura de Cotia, para uma tentativa de audiência com o Prefeito da Cidade, e caso não haja acordo, vão se reunir em assembleia, para decidirem sobre a realização de greve, por tempo indeterminado. Só nestes 100 dias de governo, o prefeito reeleito Carlão Camargo, já enfrenta sua segunda paralisação de funcionários públicos, irritados e insatisfeitos com salários e estruturas de seus departamentos, alguns alegam que falta inclusive papel higiênico nos locais. Áreas da Saúde e Transito também estão reivindicado melhorias e prometem paralisação no próximo mês.

 Nota da Redação: A prefeitura ainda não se manifestou sobre a paralisação.


Por Cloves Ferreira


Veja as fotos da manifestação que ocorreu na manhã de hoje (19) em frente a prefeitura de Cotia:









Tecnologia do Blogger.