Header Ads

Cotia é anunciada como a 7ª cidade que integra o Conisud!

conisud
Karen Santiago
Prefeito de Cotia, Carlão Camargo assina integração ao
Conisud acompanho de Chico Brito
O Consórcio dos Municípios da Região Sudoeste de São Paulo (Conisud) agora é representado por sete cidades. A assinatura de integração do município de Cotia aconteceu no encontro do Consórcio realizado em Taboão da Serra, nesta sexta-feira (11). Taboão, Embu das Artes, Itapecerica, São Lourenço, Juquitiba e Embu-Guaçu já faziam parte do Consórcio.

A assinatura de integração foi feita pelo prefeito da cidade, Antônio Carlos Camargo, conhecido como Carlão e Chico Brito, ex-presidente do Conisud, na ausência de Jorge Costa e Evilásio Farias, presidente e vice respectivamente.

Com o anúncio, Carlão, já se prontificou a oferecer a cidade, como sede do próximo encontro, que deve ser realizado, com a presença do governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin na segunda metade de junho. Encontro esse, que irá definir em quais projetos o Estado vai investir na região, uma vez, que convênios serão assinados.

Encontro

O Cemur na cidade de Taboão da Serra foi palco do quarto encontro do Consórcio dos Municípios da Região Sudoeste de São Paulo (Conisud). Prefeitos, secretários e vereadores das cidades se reuniram para somar esforços com o poder público visando à resolução de problemas comuns nas cidades que fazem parte do Consórcio.

A vice-prefeita de Taboão, Márcia Regina, avaliou o encontro como a consolidação do trabalho que os municípios já estavam desenvolvendo há mais de três meses. Luiz José Pedretti, representante de Edson Aparecido, secretário de Desenvolvimento Metropolitano de SP, afirmou que a região Sudoeste é a que está mais adiantada nesses projetos.

O prefeito de Embu das Artes, Chico Brito, por sua vez, ressaltou que o encontro desta sexta, foi o mais importante, feito até agora, porque é nele, que será dividido o que é diagnóstico e propostas.

E frisou: “Esse encontro não é uma questão eleitoral. Temos que arregaçar as mangas para que o projeto dê certo. Porque é a população de cada cidade que vai ganhar”.

Representantes da sociedade civil e do poder público que compõem as câmeras técnicas, relembre aqui, discutiram durante o encontro projetos nas áreas de Educação, Saúde, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente: Saneamento e Resíduos Sólidos, Habitação, Cultura, Esporte, Segurança e Transportes).

*Jornaldanet
Tecnologia do Blogger.