Header Ads

Meio Ambiente: Vento Forte, por Wilson Santana!

Caucaia do Alto-Vista aérea/ Foto: Rudney Oliveira 
Caucaia do Alto mais que nunca, nos convida para uma reflexão sobre nossa atual realidade. Vivemos cada dia mais momentos de cidade grande. Com comércio forte e atuante, Caucaia recebe a cada dia mais e mais pessoas, advindas de diversas localidades em busca de novos negócios (haja vista a ocupação comercial ao longo da via de acesso) ou de moradia, devido à excelente qualidade do ar, que nos leva a uma melhor qualidade de vida.

Aos poucos, vamos formando um roteiro gastronômico de dar inveja a muitos. Recebemos empresários e profissionais liberais atentos ao meio ambiente, dispostos a investimentos sustentáveis.
É do conhecimento de todos que ainda há muito por ser feito. Mas pensar nos prós e contras, rever valores, acreditar, buscar... Só teremos uma Cidade de fato, quando todos os organismos estiverem conectados, em sintonia.

Precisamos pensar em rede, sincronizados. Entender que tudo que afeta ao outro, me afeta. Um dos grandes problemas nas grandes cidades é o completo isolamento. E isso acontece quando você deixa de ser quem você é e passa a ser apenas um número. Seja ele do seu cartão de crédito, do seu RG, da sua casa etc.
Aqui (ainda) temos um nome e por ele somos reconhecidos e chamados. Quando abasteço meu carro, quando compro no açougue, quando compro um pãozinho em Caucaia... A quem estou ajudando a crescer e se desenvolver?!... Óbvio, não!

Refletir sobre estas questões é refletir sobre nossa existência. Afinal em momento de necessidade são os daqui que procuramos.
Somos tantos, e representados por tão poucos. Quando vivemos “isolados” como vive a grande maioria, somos ainda menos e menores! Somente juntos, com os mesmos propósitos, envolvidos nos mesmos objetivos, poderemos melhorar “nossa casa”.
Caucaia do Alto-Vista aérea/ Foto: Rudney Oliveira 
Muitos se queixam por ser a Granja Vianna privilegiada em relação a Caucaia. Lá tem parque, melhor policiamento, melhor saúde, melhor assistência... Enfim, melhor tudo! Por quê?! Por que as pessoas são mais organizadas. Quando foi a última vez que você falou com seu vereador? Quando foi a uma sessão da câmara?

Um sujeito que pede um metro de areia, ou um milheiro de telha, ou qualquer outra benefício próprio para um candidato, em troca do voto vai esperar o quê do mesmo?!
A hora é essa! Aproveitemos o tempo a nosso favor e o fato de ainda acompanharmos o desenvolvimento de Caucaia do Alto. Aproveitemos ainda nossa identidade, sermos chamados pelo nome. Aproveitemos enquanto ainda nos reconhecemos, para transformar Caucaia do Alto no melhor lugar do mundo para se viver! E digo mais; não deixe que nossa cidade seja maculada por meia dúzia de três ou quatro que querem transformá-la em mais uma cidade qualquer. Preparemo-nos para fazer deste distrito, um Grande Lugar. Onde possamos ser felizes.

Caucaia do Alto-Vista aérea/ Foto: Rudney Oliveira 
Grandes concentrações de pessoas trazem condição instável de vida, daí percebermos este aumento generalizado em nosso Distrito. Desenvolver sim, mas com consciência. Entender esse desmembramento populacional e cuidar para que nossas melhores características sejam preservadas.

Nada contra o progresso, muito pelo contrário, mas precisamos de uma profunda reflexão sobre que Cidade queremos encontrar... Não se trata de pensarmos apenas nas gerações futuras (e olha que argumentos não me faltam, que o digam Jasmym, Jessyca e Bella, minhas netas), mas em nós mesmos. Entender que tudo está interligado, que estamos todos juntos já é um começo. Lembrar que juntos somos todos UM... Já é um princípio!

Wilson Santana - Jornalista e Educador Ambiental
Tecnologia do Blogger.