Header Ads

Secretaria da Saúde vai promover ação preventiva durante o Carnaval!

A Secretaria Municipal da Saúde vai distribuir 30.000 preservativos durante a programação de carnaval na cidade de Cotia. A ação é uma parceria do município com a empresa Blausiegel e integra a campanha "Camisinha, quem usa a cabeça usa", promovida pela Vigilância Epidemiológica para orientar os foliões sobre a importância da prevenção às doenças sexualmente transmissíveis e AIDS.

Durante as próximas semanas, serão distribuídos folders, camisetas, cartazes e faixas alertando a população sobre os riscos do sexo sem proteção.

De acordo com o secretário da Saúde, Moisés Cabrera, durante o carnaval a Vigilância Epidemiológica contará com equipes preparadas para esclarecer dúvidas, orientar a população e informar sobre as doenças sexualmente transmissíveis.

As ações acontecerão a partir do dia 18 de fevereiro, sábado, no Carnaval em frente ao Paço Municipal e prosseguirá nos dias 19, 20 e 21 de fevereiro, na Praça dos Romeiros, em Caucaia do Alto.

"Essa ação é específica para o carnaval, mas o alerta e a orientação sobre os riscos de contaminação por doenças sexualmente transmissíveis acontecem o ano todo", destacou. "Em todas as unidades de saúde há distribuição gratuita de preservativos e, periodicamente, são realizadas palestras em escolas e empresas da cidade".

Anualmente, o Ministério da Saúde investe milhões de reais no atendimento e tratamento de pacientes com doenças infectocontagiosas, contraídas por pacientes que praticaram sexo sem proteção. No Brasil, de 1980 a 2007, foram identificados 205.568 óbitos pela Aids. O Estado de São Paulo responde por 43% das mortes em todo país, tendo registrado 87.592 óbitos no período mencionado. O uso do preservativo é a melhor forma de evitar o contágio de DST/Aids.


Pacientes com DST/AIDS recebem atendimento diferenciado em Cotia

Para atender os pacientes portadores de DST/AIDS com privacidade, a Secretaria da Saúde implantou o SAE (Serviço de Atendimento Especializado) e CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento). Antes, o atendimento era realizado na UBS do Portão.

A nova unidade localiza-se na Avenida Rotary (Jardim Nomura) e oferece acolhimento e aconselhamento aos pacientes. "Após a realização do teste de Aids, caso o resultado seja positivo, o paciente é automaticamente inserido no tratamento com medicação gratuita e acompanhamento médico", explicou a coordenadora Juliana Canassa.

A equipe é composta por dois médicos, duas enfermeiras, um farmacêutico e um técnico de enfermagem.

Atualmente, 110 pessoas são atendidas pelo SAE. Além das pessoas já inseridas no tratamento de DST/AIDS, o SAE atende pacientes encaminhados pelas unidades de saúde.

De acordo com a Secretaria da Saúde, a expectativa é que a partir de março deste ano a unidade do Serviço de Atendimento Especializado amplie o número de atendimentos.
Tecnologia do Blogger.